Nutrição felina: Ração Seca x Ração Úmida

Você sabia que a alimentação é fundamental para a qualidade de vida e para o bem estar do seu gato? Uma pelagem bonita e a ausência de doenças são os sinais de que os felinos estão com uma nutrição adequada e equilibrada.

Segundo o blog Perito Animal, a alimentação ideal para gatos deve conter no mínimo 26% de proteína e 40% de gordura, porém sabemos que em meio a tantas opções que o mercado nos oferece, muitos tutores não se atentam às descrições da embalagem.

Entre todas as opções, uma das maiores dúvidas dos catlovers no momento da escolha da ração é: seca ou úmida, qual escolher?

Considerando que alguns animais que, por condições físicas ou por necessidades especiais precisam de uma dieta específica, é importante ficar atento as características de cada uma e nesses casos sempre contar com orientação de um médico veterinário.

Ração Seca

ração seca é a opção mais comum entre tutores, principalmente para aqueles que possuem mais de um bichano em casa.

Entre as opções que existe no mercado, é possível encontrar apresentações específicas, como por exemplo a de gatos castrados, que geralmente possuem um baixo teor calórico, além de muitos outros voltadas para filhotes, sênior, controle de bolas de pelos, beleza da pelagem etc.

Outro ponto bacana da ração seca está no preço, mais acessível que a úmida e o seu tempo de consumo. A ração seca também ajuda na limpeza dos dentes e na eliminação de “bolas de pelo” dos gatos.

Por não possuir água em excesso, esse tipo de ração pode trazer provocar no futuro problemas renais em animais que não tem o hábito de beber água regularmente.

Na hora de escolher, verifique sempre a tabela nutricional no verso da embalagem e se ainda ficar alguma dúvida, consulte um dos nossos especialistas em nutrição.

Ração Úmida

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a ração úmida não é um alimento com excesso de conservantes e com baixos níveis de nutrientes. Esse tipo de ração que geralmente é servido como um petisco, pode sim ser servido como refeição principal.

Diferente da ração seca, esse alimento é composto de água e pode ajudar na hidratação dos gatos, em especial daqueles que bebem pouca água. Graças ao seu aroma e textura suculenta, a ração úmida acaba atraindo mais o paladar dos felinos.

No mercado podemos encontrar uma grande variedade de sabores e opções Neste tipo de ração, é importante considerar opções com menos de 5% de carboidratos e presença de ômega 3 e 6, e com pelo menos 35% de proteínas.

Por se tratar de um alimento fresco, esse tipo de ração exige um armazenamento diferente da ração seca, já que seu prazo de validade começa a expirar a partir da abertura do produto.

E aí? Qual delas o seu gato mais gosta? Você costuma variar entre seca e úmida?

Independente do preço é sempre bom considerar os valores nutricionais de cada uma (tabela no verso da embalagem) e verificar se realmente ela é a mais indicada para seu bichano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado


*