No verão a hidratação é fundamental para deixar os nossos amigos mais tranquilos – mas não é só isso

Não são só os humanos que sofrem no verão. A estação exige uma atenção especial com os animais de estimação, afinal, eles também sofrem com as altas temperaturas!

Para evitar eventuais desconfortos e proporcionar o bem estar, alguns cuidados são necessários:

Hidratação
Os animais, principalmente os que tenham muito pelo, podem ficar bem desidratados no verão, por isso, certifique-se que ele esteja sempre ingerindo bastante água. Se estiver em viagem, evite dar água da torneira. No verão, algumas regiões litorâneas sofrem com o abastecimento de água e nem sempre dá para ter certeza da qualidade da água. Neste caso, o ideal é dar água filtrada.

Saúde
Verifique se as vacinas estão em dia. Em viagens, fora do próprio ambiente, as chances de contrair doenças são maiores, portanto tenha certeza de que a carteira de vacinas do animal está em dia. Em passeios com seu cão nas ruas e praças, opte pelas primeiras horas da manhã e ao final da tarde, quando o sol está mais fraco, como antes das 10 horas da manhã ou depois das 16h.

Proteção
Use filtro solar. A recomendação vale principalmente para cães e gatos de pele clara (a cor da barriga do pet indica se ele se inclui nessa categoria), que sofrem mais com a incidência dos raios solares. O filtro deve ser aplicado em regiões sem pelos, como focinho e orelhas, em média a cada duas horas, ou menos, em caso de contato com água. Já existem produtos desenvolvidos especialmente para animais e que não oferece riscos de intoxicação se for lambido pelos bichos. em todo caso, consulte com seu médico veterinário sobre qual a melhor opção para o seu animal.

Conforto
Evite focinheiras, mas se na sua cidade há leis que obrigue o animal a usá-la, opte em focinheiras mais leves feitas com redes.
Se o cão for muito peludo é importante fazer uma tosa especial.

Alimentação
Assim como os humanos, os animais tendem a comer menos em dias de altas temperaturas. Se o ritmo de alimentação dele diminuir, não se preocupe, é normal.


Seguindo essas recomendações, seu cão terá um verão muito agradável. Se por acaso seu animalzinho sentir qualquer complicação decorrente do calor, não deixe de leva-lo para o seu médico veterinário de confiança. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado


*